(🇧🇷)79% dos usuários querem programas personalizados de suas marcas.

A novidade para as marcas é que 81% de seus clientes estão dispostos a compartilhar informações pessoais, desde que a experiência seja personalizada.

79% dos consumidores admitem que, à medida que as marcas personalizam seus programas de fidelidade, eles ficam mais dispostos a permanecer leais a essa marca, de acordo com Formation.ai, que realizou uma pesquisa com 2.000 consumidores sobre as táticas de personalização usadas marcas.

O "Brand Loyalty 2020: The Need for Hyper-Individualization" também mostrou que 33% dos clientes acreditam que as notificações personalizadas no celular aumentam sua fidelidade à marca, enquanto 39% sentem o mesmo sobre experiências web personalizada.

E também 75% dos entrevistados disseram que uma personalização simples usada em emails não era suficiente para manter o interesse.

Para 73%, as marcas com que mais se relacionam são aquelas que oferecem personalização em um nível mais individual.

“Ganhar fidelidade é cada vez mais difícil, especialmente com a incerteza econômica que o COVID-19 trouxe. A necessidade das marcas de entregar um valor real se tornou mais cada vez mais importante, já que hoje em dia os clientes avaliam suas decisões de compra com base na segurança.", disse o co-fundador e CEO da Formation.ai, Christian Selchau-Hansen.

Embora 58% dos consumidores afirmem ser mais leais às marcas hoje do que há cinco anos, cerca de 63% se inscreveram em apenas um ou três programas de fidelidade, o que significa que um programa deve oferecer recursos excepcionais para conseguir novos clientes.

As expectativas dos consumidores por experiências individualizadas estão aumentando, e a pandemia está acelerando isso. Se as marcas desejam estimular a lealdade dos usuários atuais, elas devem oferecer experiências e comunicações tão personalizadas para que os consumidores sintam que elas foram criadas apenas apenas para eles.